Somos mesmo imagem e semelhança de Deus ?

Minha sincera opinião é que não, mas podemos ser. Antes de se fechar, entenda o motivo. O que significa ser imagem e semelhança de Deus ?
.
Para alguns, isso se refere a imagem física. Confesso que até pode ser, mas acho
pouco provável. Isso porque Deus é Espírito (João 4).Não sei se uma “forma” pode
ser atribuída a um “espírito” ou se o mesmo pode se transmutar em várias formas.
.
Para outros, “imagem e semelhança de Deus” tem a ver com nossas faculdades mentais,
morais e sociais etc. Neste caso, concordo em parte, mas vejo que os animais também
possuem determinadas capacidades mentais, sociais e mesmo morais – tudo isso em quantidades mais limitadas, porém ainda assim possuem. Lobos e Baleias se comunicam e combinam modos e locais de caçar, varias espécies de animais tem códigos de conduta sociais que podem ser comparados com um comportamento aceito ou condenável dentro de sua espécie, então confesso que, para mim, essa definição não traz toda a verdade.
.
Então, o que seria ser imagem e semelhança de Deus ?
Ao meu ver, esta afirmação esta imediatamente ligada ao texto que a segue
em Gênesis 1:26 – “domine ele…”
.
Deus criou o universo, mas escolheu não atuar nele sozinho. Diversas tarefas em
diversas esferas de ação ele concedeu aos anjos. Naquilo que Deus mandou, os anjos
“representam” Deus, dentro de sua ordem e sua esfera de ação. Da mesma, forma
quando Deus criou o ser humano, fez para que sua esfera de ação fosse a terra,
e dentro desta esfera ele “representava” Deus – era a imagem para terra do que
Deus é para o Universo – por isso o texto continua dizendo: “Domine ele sobre
os peixes, aves, feras etc…”
.
Este “Domínio” tem a ver diretamente com sua “imagem” por que assim como Deus
tem domínio no Universo e esta acima de todos – o homem teria domínio sobre
a criação terrestre.  É importante abrir um parênteses aqui e lembrar que para Deus, o que domina também é o que serve, o que cuida, o que se doa em favor do “dominado”. O
maior é sempre aquele que serve.
.
Deus da capacidades aos seres conforme a função que irão exercer – Ele não
dá sem motivo, mas em geral seus dons estão ligados ao trabalho que exercerão.
Assim sendo, o homem foi colocado na terra (primeiro no Jardim) para cuidar
dela e cuidar da criação, o ser humano seria o “zelador” da terra. Deus queria
que o ser humano cuidasse do planeta, do mesmo modo como Ele (Deus) cuidaria,
por que ele “representava” Deus.
.
Isso explica de forma simples, várias coisas : Por que precisamos orar…
Por que podemos expulsar demônios, etc….
.
No fim ao invés do ser humano cuidar da terra e transforma-la como no modelo (Jardim de Deus), ele pecou. Pecando, perdeu a imagem e semelhança de Deus, por que “ser
imagem e semelhança era agir da forma como Deus faria”. Assim sendo a
prioridade da tarefa mudou. Agora, em primeiro lugar, o ser humano precisa
se reconciliar com Deus e com o seu próximo para só depois disso tudo
receber novamente (no fim) orientação de Deus sobre o que faremos e
como viveremos (em seus detalhes).
.
Agora, preste bem atenção no que dizem os textos:
II Corintios 5:17
“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é;
as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”.
Note que pela entrega a Cristo, somos feitos NOVA CRIATURA, por que
a primeira criatura já não é mais a imagem de Deus e já não
cumpre seu propósito.
.
Romanos 8:29
“Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à
imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.”
.
Note que o texto diz que o destino dos seguidores de Cristo é ser conforme
sua imagem. Ora, Cristo é a imagem perfeita de Deus, e nós ainda vamos
ser a imagem de Cristo. Logo, se Cristo é imagem de Deus e não somos ainda
imagem de Cristo, não somos ainda imagem de Deus, mas poderemos ser.
.
E para terminar:
II Corintios 3:17,18
“Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.
Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor,
somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo
Espírito do Senhor”.
.
A primeira coisa que este texto diz é que Deus é Espírito. Em seguida diz que
nos somos transformados na imagem do Senhor na medida que “espelhamos” a Glória de
Deus – ou seja – sua grandeza. Se somos transformados na imagem, então segue-se
a conclusão lógica que “ainda não somos, deixamos de ser”. A verdade é que
perdemos isso e Deus esta “gerando” em nós Sua imagem.
.
Quer ser imagem de Deus ?
Ser imagem de Deus, é ser imagem de Cristo.
É ser guiado pelo Espírito – em Amor, bondade, benignidade, paciência,temperança etc
É agir nos princípios da Vontade de Deus.
É fazer as coisas como Deus gostaria que fizéssemos.
É “representar” o caráter em toda esfera de ação onde Deus nos coloca.
Com o próximo, com a criação, com o planeta, com a comunidade, com
o mundo em que habitamos.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Você quer uma casa na eternidade ?


“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também”. (João 14:1-3)

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.” (João 14:23)

Primeiro Jesus diz aos discípulos que vai preparar lugar para eles na casa do Pai, na Eternidade. Ele diz: “eu estou indo, e vou preparar um lugar pra vocês e vou levar vocês para morarem comigo.”

Logo mais abaixo, Jesus diz que tem algo que deveria acontecer antes. Ele estaria, na pessoa do Espírito Santo, vindo e fazendo morada no coração de seus discípulos.

A mensagem de Jesus é clara: Você quer ter uma morada na eternidade? Você quer ter uma “casa” lá ? Então prepare uma “casa” pra mim também. Deixe meu Espírito morar em seu coração. Quem oferecer uma “casa” para Deus aqui, no seu coração, terá na eternidade, uma morada oferecida por Deus.

É por isso que a Bíblia diz que todo aquele que é salvo tem o Espírito Santo. É por isso que a Bíblia diz que Ele é o “penhor”, o “resgate” que garante a salvação quando Jesus voltar.

Agora pense por um instante. Quando oferecemos a casa a uma visita, ficamos preocupados em limpa-la, adorná-la e enfeitá-la. Quanto mais importante a visita, melhor preparamos a casa. Que casa você tem preparado ao Espírito Santo nesta terra ? Como cuidamos do nosso coração todos os dias para Sua morada ?

Vamos guardar os mandamentos de Jesus, para que a casa seja bonita e o Espírito se sentia à vontade. Também Deus, preparou o melhor pra nós.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

ANTI-CRISTO ou ANTI-JESUS ?

Já reparou que a bíblia diz que nos últimos dias surgiriam anti-cristos. Por que anti-cristo e não anti-jesus ? 

.
A palavra Cristo não é um nome, é na verdade um título. Significa O Ungido de Deus. É usada somente para designar o Messias, o Senhor, o Salvador, o Rei de toda a terra. Assim sendo, negar a Cristo não é exatamente o mesmo que negar Jesus.

Embora negar a Jesus também seja negar o Cristo, muitos hoje admitem a existência de Jesus. Dizem que ele foi um homem que viveu na palestina, que morreu e a história parou por ai. Alguns outros, dizem que ele foi um grande mestre, professor, homem de bem. E há ainda aqueles que admitem que ele é um grande profeta de Deus, um espírito verdadeiramente iluminado, mas sem poder redentivo ou governo supremo.
.
Um anti-cristo não precisa ser uma pessoa que fala mal de Jesus ou que ataca seu nome. Mesmo alguém que diz admirar Jesus pode ser um anti-cristo desde que rejeite ser Jesus O Cristo. O apóstolo João chegou a dizer que em seus dias já haviam vários anti-cristos, mesmo alguns que falavam e até pregavam sobre Jesus.
.
Na verdade, todos os que tentam ensinar e mostrar ser “Jesus” menor do que Ele é, são anti-cristos, pois admitem a Jesus, porém negam sua plena autoridade. Negam que ele foi Constituído juiz dos vivos e dos mortos (Atos 10:42), que lhe foi dado Todo Poder no Céu e na Terra (Mateus 28:18) e que é só Ele quem tem e dá o dom da Vida Eterna (I João 5:11,12).
.
Ser anti-cristo, é ser anti-unção, significa que pode-se até admitir Jesus, mas não sua unção (autoridade) que é justamente o que o torna O Cristo, o Filho de Deus.

O Anti-Cristo do final dos tempos, é uma pessoa que trará também esta ideia. Mas a Bíblia fala de anti-cristo não apenas como uma pessoa, mas também como um espírito, neste caso, revelado por esta filosofia de pensamento.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Filhos de Deus ?

Na Bíblia, as palavras “pai” e “filho” embarcam diferentes significados.

Há vezes em que pai e filho são realmente isso. Em outras, a palavra pai quer dizer avô e respectivamente filho quer dizer neto. Ainda em outras, pai quer dizer patriarca, como é o caso de quando falam algo do tipo: “nosso Pai Abraão” – é o tataravo que deu “origem” ao povo. 

Mas há uma forma que tem destaque especial nas palavras de Jesus: Momentos em que Pai e Filho representam discípulos e mestres, ou seja, aqueles que vivem nas mesmas práticas que seus professores. 

Jesus, em Mateus 5:44, por exemplo, diz:  “Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus”;

Aqui, a palavra “filhos” é trazida neste sentido, ou seja, daquele que vivem nas mesmas práticas de seu pai. Jesus usa um termo forte: “…para que sejais filhos…”, o que implica por definição, que neste sentido, não somos filhos, seremos considerados assim, se praticarmos o mesmo que o Pai…. 

Do mesmo modo, essa questão pai/filho aparece diversas vezes nas exortações de Jesus. 
Para quem as estivesse ouvindo, neste caso, não era uma questão apenas de se ver como filho, pois tal pessoa, ainda que acreditasse nisto não seria considerada assim. Neste caso, a pessoa deveria seguir o mesmo procedimento do Pai, a fim de realmente poder ser considerado Filho/Filha do Pai.

Pai, me ajuda a imitar seu trato: com as pessoas, com a sociedade, com os animais, com a natureza, com o universo. A fim de que eu possa ser chamado seu filho. Esta é a minha oração de hoje.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Graça, você realmente sabe o que significa ?

Muitas pessoas falam da Graça como sendo apenas sinônimo de perdão.
No que se refere ao ser humano e a Salvação, Graça é mais do que perdão,
é o favor imerecido de Deus em direção a nós.

A Graça abarca TODO o favor de Deus.
Ef. 2:8

“Porque pela graça sois salvos,
por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”

Ser salvo, é ser transformado na imagem de Jesus Cristo (Romanos 8:28). Assim sendo,
o conceito de Graça engloba os fatos:  Ser chamado, nascer de novo, crer, se arrepender,
ser perdoado, santificado e por fim ressuscitado e transformado. Tudo isso é obra da
Graça.

É verdade que Deus perdoa por causa da Sua Graça que opera, mas se realmente a Graça
esta operando, também a Graça vai conscientizando, santificando, vai dar poder para
ir superando, vencendo e transformando. 
Graça é o nome que se dá a “Obra Completa” de Deus em nossas vidas.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Buscai em primeiro lugar….

“Mas buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e estas coisas vos serão acrescentadas…”
Mateus (6:33)

Reino e Justiça do Reino,tão incompreendidos.
Jesus disse que o Reino é também uma “resposta a ansiedade da vida”,
mas da maneira como ele é ensinado hoje, torna-se um motivo de mais ansiedade.
Vejo líderes que deturpam o significado disto e pregam este “reino” como quem
estão falando: “Busquem primeiro o que é meu (da igreja) e depois corram atras
daquilo que é de vocês….”, que pena.

O Reino é o reinar de Deus no coração, e a Justiça do Reino é modo como Deus quer trabalhar na vida.
Buscar o Reino é buscar o “reinar de Deus”.
Buscar a Justiça é buscar o modo como esse “reinar” interpela nossas relações

Buscar o reino não é sinônimo de ir a igreja, cantar, pregar uma mensagem
ou seja lá qual for o “trabalho sacro”. É isso também, mas é mais.

É sinônimo de deixar os padrões de Deus permear toda a vida. Note que Jesus
fala só “em primeiro lugar” mas não fala de “…depois”. Na verdade, não há
espaço para nada depois, pois o reino cobre toda a vida.

Assim é que, escrevendo a carta aos Efésios, Paulo fala sobre “ser Cheio do
Espírito de Deus”. E como fala ?
Bom, ele fala sobre falar Salmos, Hinos, Cânticos espirituais… ops, legal…
mas ele parte pras demais áreas da vida e continua falando sobre
ser cheio de Deus –
o marido, amando a esposa,
a esposa, respeitando o marido,
o filho, obedecendo ao Pai,
o Pai, não oprimindo,
o empregado, trabalhando de forma que honre a Deus e o patrão,
o patrão, usando de misericórdia….

E quanto ao termo “…a Sua Justiça” ? Ou seja, a Justiça do Reino…. ?
Ah… esta ai outra coisa muito incompreendida….

A Bíblia fala sobre esta justiça de diferentes formas. Por exemplo:
Jesus disse: “guardai-vos de praticar a vossa justiça como os fariseus…”,
quando orar, ora em secreto, quando jejuar não toque trombeta, quando der,
não veja tua mão esquerda o que fez a direita…”

Esse é um exemplo de justiça, que nos fala da posição de Deus em nossas vidas,
nossa sinceridade para com Ele, e a devida Glória ao Seu Nome. Mas também há
muitos outros modos como a justiça do Reino aparece, por exemplo: Deus disse
que Jó era um homem justo, reto, que temia a Deus e se desviava do mal. Jó,
no meio do livro, falando sobre a justiça que praticava, diz ter sido “os
olhos do cego, as pernas do manco, os ouvidos do surdo, viu o nú e o cobriu,
viu o faminto e o deu comida”. Este é uma outra manifestação da justiça do reino.

Faltaria espaço para falar de muitos outros exemplos de expressões diferentes
da justiça, e note que JUSTIÇA não é apenas algo passivo que espera um fato acontecer
para dar um veredito. Também não se trata só de “ser honesto”, “correto”, “direito”.

Então, de forma ampla, como poderíamos olhar para esta justiça e tentar resumi-la ?
Bom, quando houve o pecado, o homem caiu e passou a viver
em um mundo caído, injusto, desequilibrado.
Praticar a justiça é procurar fazer tudo aquilo que
reverte este sistema, para si e para os demais.

Por isso, ser os olhos do cego é praticar justiça. Se ele não enxerga e
você guiá-lo, esta então, equilibrando a dádiva que Deus despendeu, desde
o principio, mas que hoje não chega a todos, por causa que o pecado entrou
no mundo. Assim, também, quando os apóstolos realizam uma comunidade
onde “a quem tem demais não sobra” e “a quem tem de menos não sofre falta”
estão executando a justiça de Deus no mundo.

Eu poderia citar muitos outros exemplos aqui, mas acho que já deu para
entender o espírito, ou “O Espírito”.

O mundo não teria conhecido a injustiça se não fosse o pecado.
Superar o pecado, e também suas consequências em si e na sociedade, mesmo
que não sejamos diretamente culpados, na consciência de que viver
em Deus é viver no bem, para todos, tornando a vida mais
equilibrada e vivível é buscar a justiça do Reino.

O reino acontece dentro das portas da igreja.
Mas o reino acontece fora também…
Buscá-lo em duas, três horas em alguns dias da semana,
não era bem o que Jesus queria dizer.

“Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça”
esta pra muito além….

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Oração de um Profeta Menor

Esta oração é pronunciada por um homem chamado a ser testemunha ante as nações, e foram estas as palavras que disse ao seu Senhor no dia em que foi ordenado. Depois de os anciãos e ministros terem orado e pousado sobre ele as suas mãos, retirou-se para estar a sós com o seu Salvador, no silêncio, mais além do que os seus irmãos bem intencionados o podiam levar. E disse:

Senhor, escutei a tua voz e tive medo. Chamaste-me a uma tarefa solene numa hora grave e perigosa. Em breve abalarás todas as nações, a terra e também o céu, para que fique só aquilo que é inabalável. Senhor, nosso Senhor, aprouve-Te honrar-me chamando-me a ser teu servo. Só aceita esta honra aquele que é chamado a ser teu servo, visto ter de ministrar junto àqueles que são obstinados de coração e duros de ouvido. Eles Te rejeitaram, a Ti, que és o Amo, e não posso esperar que me recebam a mim, que sou o servo.

Meu Deus, não vou perder tempo a deplorar a minha fraqueza ou a minha incapacidade para o trabalho. A responsabilidade é tua, não minha, pois disseste: “Conheci-te, ordenei- te, santifiquei-te”, e também: “Irás a todos aqueles a quem Eu te enviar, e falarás tudo aquilo que Eu te ordenar”. Quem sou eu para argu- mentar contigo ou para pôr em dúvida a tua escolha soberana? A decisão não é minha, mas sim tua. Assim seja, Senhor; cumpra-se a tua vontade e não a minha.

Bem sei, Deus dos profetas e dos apóstolos, que, enquanto eu Te honrar, Tu me honrarás a mim. Ajuda-me, portanto, a fazer este voto solene de Te honrar em toda a minha vida e trabalho futuros, quer ganhando quer perdendo, na vida ou na morte, e a manter intacto esse voto enquanto eu viver.
É tempo, ó Deus, de agires, pois o inimigo entrou nos teus pastos e as ovelhas são dilaceradas e dispersas. Abundam também falsos pastores que negam o perigo e se riem das ameaças que rodeiam o teu rebanho. As ovelhas são enganadas por estes mercenários e seguem-nos com fidelidade, enquanto o lobo se acerca para matar e destruir. Imploro-Te que me dês olhos bem abertos para descobrir a presença do inimigo; que me dês compreensão para distinguir entre o falso e o verdadeiro amigo. Dá-me visão para ver e coragem para declarar fielmente o que vejo. Torna a minha voz tão parecida com a tua que até as ovelhas doentes a reconheçam e Te sigam.

Senhor Jesus, aproximo-me de Ti em busca de preparação espiritual. Pousa a tua mão sobre mim. Unge-me com o óleo do profeta do Novo Testamento. Impede que eu me transforme num religioso e perca assim a minha vocação profética. Salva-me da maldição que paira sombriamente sobre o sacerdócio moderno; a maldição da transigência, da imitação, do profissionalismo. Salva-me do erro de julgar uma igreja pelo número de seus membros, pela sua popularidade ou pelo total de suas ofertas anuais. Ajuda-me a lembrar-me de que eu sou profeta, não um animador, não um gerente religioso, mas um profeta. Que eu nunca me transforme num escravo das multidões. Cura a minha alma das ambições carnais e livra-me do prurido da publicidade. Salva-me da servidão das coisas materiais. Impede-me de gastar o tempo entretendo-me com as coisas da minha casa. Faze o teu terror pousar sobre mim, ó Deus, e impele-me para o lugar de oração onde eu possa lutar com os principados, e potestades, e príncipes das trevas deste mundo. Livra-me de comer demais e de dormir demais. Ensina-me a auto-disciplina para que eu possa ser um bom soldado de Jesus Cristo.

Aceito trabalho duro e pequenas compensações nesta vida. Não peço um cargo fácil. Procurarei ser cego aos pequenos processos de facilitar a vida. Se outros procuram o caminho mais plano, eu procurarei o caminho mais árduo, sem os julgar com demasiada severidade. Esperarei oposição e procurarei aceitá-la serenamente quando ela vier. Ou se, como por vezes sucede aos teus servos, o teu povo bondoso me obrigar a aceitar ofertas expressivas de gratidão, conserva-Te ao meu lado e salva-me da praga que a isso freqüentemente se segue; ensina-me a usar o que porventura receber de tal modo que não prejudique a minha alma nem diminua o meu poder espiritual. E se a tua providência permitir que me advenham honras da tua Igreja, que eu não esqueça naquela hora que sou indigno da mais ínfima das tuas misericórdias, e que, se os homens me conhecessem tão intimamente como eu me conheço a mim próprio, me retirariam tais honrarias para as darem a outros mais dignos delas.

E agora, Senhor do céu e da terra, consagro-Te o resto dos meus dias, sejam eles muitos ou poucos, consoante a tua vontade. Quer eu me erga perante os grandes quer ministre aos pobres e humildes, essa escolha não é minha, e eu não a influenciaria, mesmo que pudesse. Sou teu servo para cumprir a tua vontade. Ela é mais doce para mim do que a posição, ou as riquezas, ou a fama, e escolho-a acima de tudo o mais na terra ou no céu.

Embora eu tenha sido escolhido por Ti e honrado por uma alta e santa vocação, que eu nunca esqueça que não passo de um homem de pó e cinza com todos os defeitos e paixões naturais que atormentam a humanidade. Rogo-Te, portanto, meu Senhor e Redentor, que me salves de mim próprio e de todo o mal que eu puder fazer a mim mesmo enquanto procuro ser uma bênção para os outros. Enche-me do teu poder pelo Espírito Santo, e eu caminharei na tua força e proclamarei a tua justiça – a tua tão somente. Anunciarei a mensagem do teu amor redentor enquanto tiver forças.
E, Senhor amado, quando eu for velho e estiver fatigado, demasiado cansado para prosseguir, prepara-me um lugar lá em cima e conta-me entre o número dos teus santos na glória eterna. Amém.

(Extraído do Livro: O Melhor de A.W.Tozer)

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário